Porque fazer rodízio dos pneus?

O rodízio de pneus é um assunto controverso e divide opiniões de profissionais e donos de veículos. O que já foi unanimidade entre os profissionais, hoje está sendo controverso. Porém, para entender isso melhor, precisamos entender o que é o rodízio de pneus.

O que é Rodízio dos pneus?

O rodízio de pneus nada mais é que trocar pneus de posição durante o uso. E aqui fica a pergunta: você já fez rodízio de pneus? Ou você faz rodízio de pneus? Conta pra gente aqui nos comentários.

O rodízio funciona assim: como os pneus do eixo dianteiro se desgastam mais rápido em um certo período deve-se passar os pneus dianteiros para trás e os traseiros para frente.

Sobre o rodízio de pneus o que os nossos profissionais orientam é que quando possível é importante e interessante fazer esse processo. Inclusive se puder incluir o estepe nesse recurso de rodízio é uma boa ideia sim. Aliás, essa é a opinião de 16 construtoras. 

A Quatro Rodas, uma revista muito famosa do setor automobilístico, realizou recentemente uma pesquisa entre as montadoras e das 18 participantes, apenas a BMW e a Renault foram contrárias ao rodízio.

As montadoras Hyundai, Kia, Peugeot, Toyota, Chery e JAC,  além de recomendar o rodízio, também recomendam que quando o pneu reserva e estepe tem a mesma medida dos demais, ele deve entrar no processo de rodízio.

Porque fazer rodízio dos pneus?

As 16 montadoras entrevistadas, com exceção da BMW e Renault, ressaltam que fazer o rodízio dos pneus pode significar mais segurança e economia.

Isso porque o rodízio com os pneus pode garantir que haja um desgaste por igual dos cinco pneus, assim na próxima compra de pneus não serão descartados pneus que ainda teriam condições de rodar, já que não é ideal comprar apenas um par de pneus; é necessário sempre comprar os dois pares.

Quando fazer rodízio dos pneus?

O que nós recomendamos aqui é que o rodízio seja feito de preferência a cada 5.000 km rodados,  no entanto,  uma  segunda opção é que se passa o rodízio de pneus a cada revisão ou no máximo a cada 10 mil km rodados.

E se você tem algumas dúvidas sobre esse e outros assuntos relacionados a automóveis, revisão e manutenção, troca de óleo, bateria e outros, entre em contato com a nossa equipe e agende uma conversa com um de nossos profissionais.

Estamos te aguardando.

Até o próximo conteúdo!